Dia de los muertos

Eu acho lindas as pinturas de caveiras que são feitas no Dia de los Muertos. Nessas imagens que uma amiga me passou, as pinturas fica ainda mais bonitas acompanhadas do figurino com o corset.

Cada caveirinha representa uma estação do ano. O trabalho de figurino, make, produção e fotografia está perfeito! Adorei!

Pinned Image

Inverno

Pinned Image

Verão

Pinned Image

Primavera

Pinned Image

Outono

As imagens são do 666photography, que é uma empresa de Austin, no Texas, especializada em fotografia retro / vintage que utiliza adereços e figurinos feitos a mão. Por muitos anos, temos vindo a criar figurinos de teatro para a sua longa lista de clientes satisfeitos. Não existe o conceito que o 666 que não pode criar!

A abordagem deles para tirar fotos é que não é o suficiente simplesmente ser capaz de tirar uma boa foto. Eles são capazes de criar um conceito todo do começo ao fim. Seus adereços são feitos à mão, assim como os cenários são pintados à mão, e se não pode encontrar o traje perfeito, eles o fazem!
666photography é liderada por sua fotógrafa, Gayla. Gayla se formou na Universidade do Texas em Austin, com um BFA em fotografia. Ela não só tira todas as fotos, ela também também produz as roupas, acessórios e os adereços, e é responsável pela maior parte do estilo em todas as fotos.

No blog tem outras imagens lindas, vale a visita.

Onde comprei meu corset

Eu e minha amiga de corset, ambos da Modelle.

Como prometido, hoje vou falar da loja onde comprei meu corset. Como eu estava um pouco insegura em relação a comprar um corset pela internet sem nunca ter provado um, eu achei melhor dar uma olhada antes no produto.

Aqui na cidade onde eu moro abriu uma loja da Modelle Modeladores, que é especializada em cintas modeladoras, pós cirúrgicas e, que surpresa, em corsets! Os corsets da Modelle tem tamanhos pré determinados e são vários modelos para escolher.

Sim, eu sei que um bom corset é feito sobre as medidas do seu corpo para que ele vista corretamente e dê o resultado desejado. Mas nada impede de você comprar um corset pronto ou usado. É só você conferir as medidas de altura, pra não ficar a barriguinha sobrando em baixo e machucando sob os seios. A circunferência da cintura também deve ser observada, o corset não pode fechar atrás de primeira, se não ele ficará largo em pouco tempo e não vai mais servir para o tight lacing. O meu serviu perfeitamente e é super confortável.

O preço eu achei bem dentro do preço de mercado, R$299,00 que podem ser parcelados no cartão de crédito. O atendimento das meninas na loja foi muito bom, elas tiraram várias dúvidas que eu tinha sobre o uso do corset e se colocaram a disposição pra qualquer outra dúvida que eu tivesse. Me ensinaram até a amarrar o corset.

A Modelle trabalha com corsets simples para o treino (como o meu) e também com corsets bem elaborados e bonitos, para serem usados em ocasiões especiais. Acho que vale uma visita em uma das lojas da rede para provar os corsets. Tenho outra amiga que comprou o corset na Modelle que também não tem reclamações.

Pinned Image

Corsets Modelle

Eu entrei em contato com a Modelle e elas me mandaram o texto abaixo falando um pouco sobre os corsets e a marca. Quem quiser ler, ta depois do pulo.

Beijos e bom treino!

Continuar lendo

Qual é o seu “espartilho”?

Achei essa tatuagem no Fuck Yeah Tattoos e achei o significado dela muito interessante. A moça que a tatuou escreveu assim:

“Esta é a minha primeira tatuagem. É um desenho de 1876, aproximadamente, de um artista francês. O artista descreve que a moda forçou as mulheres a começar com o tight lacing e as consequências disso. O desenho mostra duas harpias, que retratam a moda e a vaidade, puxando as cordas do espartilho, para fazer você parecer mais magra. O texto na imagem diz: Com a moda, com a morte. Basicamente, dizendo que se você seguir a moda desse jeito, você irá sucumbir. Eu sou designer de moda e tenho essa tatuagem para me lembrar de não seguir as tendências e chegar sempre a peças inovadoras. Porque, para mim, seguir o que outras pessoas fizeram é o meu tight lacing, vai me matando como designer criativo. Assim que vi essa imagem, eu sabia que esta seria a minha primeira tatuagem. Eu entendi e sabia que era isso que eu queria, e que não me cansaria dela em alguns anos.”

Coloquei essa imagem e o significado dela para que a gente reflita qual é o nosso “espartilho” na vida. Quem faz tight lacing por paixão, sabe que isso não trás problema nenhum ao nosso dia dia. Fazemos isso somente por prazer e somos livres para ser como somos. Mas há muitas décadas o espartilho foi um item obrigatório no dia a dia feminino, limitando várias atividades.

Eu, como designer de moda, compreendo o significado dessa tatuagem para esta moça. Nunca devemos nos sentir limitadas por nada em nossa vida. Então, afrouxem seus “espartilhos da vida”, atem os nós dos corsets, caprichem na postura e sejam muito felizes!

Beijos e bosa semana a todas!

Lista de Cosetmakers

Fiz uma pesquisa e achei uma lista bem legal de corsetmakers brasileiras. Conferi todos os contatos e sites, os links estão funcionando. E lembre-se: antes de comprar seu corset faça uma pesquisa sobre a corsetmaker e escolha a que mais se encaixa no seu desejo.

Espero que essa lista seja de grande ajuda para quem procura um corset.

Pinned Image

Madame Sher

A primeira grife especializada em Espartilhos para Tight Lacing / Waist Training do Brasil. Trabalham com espartilhos de padrão internacional de qualidade. Somente sob encomenda.

Contato: Apenas pelo site, através dele você irá enviar sua dúvida, a resposta do email muitas vezes demora pelo pouco tempo que a profissional dispõe, porém sempre responde a todos, então tenha paciência.

 

Pinned Image

Saturnine Corsets 

A grife iniciou seus trabalhos com corsetaria em 2008 inicialmente com corset para uso fashion. Agora trabalho com corsets para treino de tight lacing.

Contato: saturninecorsets@gmail.com

 

Pinned Image

Black Cat Corsets

Criada em 2005, a Black Cat Corsets é vanguardista na criação e confecção de espartilhos sob medida no Brasil.

Propositora de um olhar investigador, a grife tem como base o resgate cultural e histórico da moda por meio de suas peças, de forma a adequar as suas referências ao corpo da mulher contemporânea, com sofisticação e conforto, primando por uma modelagem exclusiva para cada cliente.

A opção por materiais sofisticados e duráveis, bem como a preocupação com a qualidade dos acabamentos e o design diferenciado, completa as credenciais da marca.

Contato: Pelo formulário do site ou pelo e-mail blackcatcorsets@gmail.com

 

Pinned Image

Black Cherry Corsets

A Black Cherry Corsets é especializada em confecção de corsets, tanto para compor seu visual ou para prática de Tight Lacing.

Confeccionado em várias camadas de tecido, com costura reforçada, estruturado com barbatanas de aço inox ,amarrações nas costas, o corset tem como função, da suporte ao corpo, modelando a cintura e deixando a postura mais ereta, fazendo assim com que a mulher fique com uma silhueta muito mais sexy e elegante.

Contato:  bcherrycorsets@gmail.com

 

Pinned Image

L’ange Noir Corsets

Bombom trabalha com corsets há 4 anos, porém costura há 12 anos. Suas pesquisas sempre foram direcionadas para a confecção pelo método antigo.

Contato: pelo Flickr

 

Pinned Image

La Sorcière Corsets 

Atua no mercado desde 2008, produz os corsets de forma artesanal, personalizada e sob medida. TOdas as peças são feitas com dedicação, num minuncioso trabalho de confecção, visando acima de tudo a qualidade.

Contato: pelo site.

 

Corpetinho de Ursinhos

Fetish Furry

Além de produtos sob medida, tem também uma variedade grande de produtos pronta-entrega.

Contato: pelo e-mail contato@fetishefurrys.com.br ou pelo site

 

Pinned Image

Luxury – F

A Luxury F confecciona corsets desde 2005 e, além de lojas que revendem nossas peças, aceitamos encomendas sob medida e entregamos para todo o Brasil. Nossa proposta é a confecção de corsets de qualidade com preços acessíveis ao público brasileiro.

Contato: pelo e-mail contato@luxury-f.com contato@luxury-f.com

 

Pinned Image

Kiss Me Corsets

A Kissme Corsets produz Corsets de maneira artesanal e à moda antiga. Moldando cada peça ao corpo de cada mulher. A oficina de corte e costura da Kissme Corsets funciona em Santo André, em São Paulo.

Agnes Roberta Testa, romântica e cheia de dons especiais, descobriu na produção de corsets uma paixão. Hoje tem como clientes mulheres do Brasil todo além de lojas que encomendam suas peças.

Os primeiros corsets que desenvolveu ainda não tinham todos os caprichos e detalhes dos atuais, mas em mais de 5 anos de trabalho tornou-se uma especialista.

A história e o cinema inspiram seus modelos. “Quem não quer se sentir uma Scarlet O’Hara?”, brinca Agnes, lembrando o filme: “E o Vento Levou” onde a heroína desfila com os corsets da época e continua:

Contato: pelo formulário do site.

 

Pinned Image

Madame Rouse

O Ateliê Madame Rouse confecciona espartilhos para a prática do Tight Lacing, bem como os devidos acessórios, que incluem materiais de altíssima qualidade e procedência.

Os corsets são desenvolvidos artesanalmente, com diversas camadas de tecidos, ilhoes, busk e barbatanas em aço inoxidável (não enferrujam).

Criam as peças em parceria com as clientes, através do estudo de suas formas individualmente. Desse modo, chegam a um modelo de caimento impecável que proporciona uma melhor postura e modela a cintura visivelmente, além de compor um look diferenciado no guarda-roupa de qualquer mulher.

Contato: pelo formulário do site.

 

Ferrer Corsets

A grife disponibiliza para seus clientes um ambiente intimista e aconchegante, com ares retrô, especialmente preparados para receber você e lhe apresentar a este produto fascinante: o espartilho.

Contato: pelo formulário do site.

 

la peregrina

La Peregrina Corsets

La Peregrina é a marca que representa a mulher em sua busca interior através do tempo. A guerreira medieval que não aceita que dominem seus ímpetos, a Rainha nobre e luxuosa que realiza todos os seus desejos e a Mulher contemporânea que busca o equilíbrio entre suas tarefas e seu bem estar. Todas elas tem algo em comum: Determinação. Todas elas são Peregrinas em seu Caminho.

Contato: pelo email laperegrinacorsets@gmail.com

 

Pinned Image

Cristiane Tano

Produz peças singulares e atemporais, com o domínio de técnicas artesanais e refinamento estético. Cada corset é resultado de pesquisas aprofundadas sobre elementos históricos e códigos contemporâneos, desenhado minuciosamente para dar corpo aos desejos de seus clientes.

Contato: pelo formulário do site.

 

U Fashion

A U Fashion se originou de um sonho e aos poucos foi se tornando realidade. Deborah Renck, dona e designer, ansiava desde 1998 em ter seu próprio empreendimento, foi então que começaram os estudos para ver qual o produto mais viável para lançar seu nome no mercado. Em 2003 Deborah teve a oportunidade de fazer faculdade de Design de Moda, vindo a se formar em 2006 e nesse meio tempo aprendeu sobre moda, administração, marketing e costura. Unindo todo aprendizado com a paixão pela indumentária vitoriana decidiu focar-se na criação, confecção e distribuição de espartilhos sob medida, dando início a U Fashion. Seu principal produto são espartilhos, mas também dedica-se a confecção de roupas e outros acessórios, como bijuterias e coleiras.

Contato:
Skype: under.fashion
E-mail/msn: under_fashion@hotmail.com
Curitiba – Paraná

 

Corset Overbust Sarja

Conde Vlad

Fabrica corsets e outros acessórios diferenciados. Vale uma visita ao site para conferir.

Contato: pelo e-mail atendimento@condevlad.com.br ou pelo skype condevladcorsets.

Como escolher sua corsetmaker

Vou falar por experiência própria: comprar um corset não é nada fácil. A não ser que você tenha muito dinheiro e seja aventureira pra se arriscar, comprar um corset é uma tarefa que demora e que dá trabalho. Você precisa pesquisar, tirar dúvidas, fazer orçamentos e ouvir opiniões de quem já tem um corset.

As vezes nós olhamos aquela “grife de corset” vendendo “corsets” por R$50,00 e ficamos malucas, não é mesmo? Mas quem entende de corset sabe que esses preços praticados são impossíveis e que é preciso cuidado para não cair nessas armadilhas.

Aqui vão algumas dicas que encontrei para que a gente possa escolher a melhor corsetmaker, aquela que mais se encaixa nas nossas expectativas, desejos e bolsos.

- Consulte as clientes da corsetmaker que você pretende que faça seu corset. Se você conhece alguém pessoalmente, melhor ainda, mas se não conhece ninguém (como eu, no início) entre em um dos grupos sobre tight lacing e corsets no Facebook. Lá você pode postar alguma dúvida e as meninas respondem com toda sinceridade.

- Observe se os materiais que a corsetmaker usa são de qualidade. Tem detalhes que dá pra ver por foto, como as rendas e tecidos. Se tudo parecer meio “vagabundo”, nem compre. Os preços baixos praticados por algumas corsetmakers se dá ao foto de usar materiais baratos e de qualidade inferior. Já outros materiais, como as barbatanas, só é possível comprovar a qualidade pegando o corset em mãos.

- Uma forma de saber se a barbatana é boa de verdade é dobrando o corser para um lado. Se ele resistir um pouco, mas acabar cedendo, e depois que você soltar e ele voltar a forma original, é um indício de ser uma barbatana de qualidade. Se depois de dobrada e solta a barbatana continuar dobrada, sem voltar a forma original, aí a barbatana é “vagabunda” e o corset não vai servir para tight lacing.

- Se for comprar pela internet, preste muita atenção nas fotos. Analise fotos do corset vestido em uma pessoa, não em almofadas os manequins. No corpo de uma pessoa você pode analizar a curvatura do corset, se ele aperta bem e se é estruturado.

- Tome cuidado com corsets mal acabados: linhas soltas, ilhóses mal pregados, acabamento mal feito. Essas características você pode verificar com quem já possui corset de determinada marca ou pegando o corset em mãos e verificando.

- O peso: algumas grifes usam várias camadas de lona ou tecidos mais pesados para fazer o “miolo” do corset, que acaba ficando muito pesado e desconfortável. Fique atenta a isso, pois faz uma grande diferença no treino.

- Para quem quer fazer corset com bojo: veja bem as fotos do corset e se possível prove um, pois o seio deve ficar encaixado no bojo e bem confortável.

- Antes de finalizara compra, verifique com o corsetmaker como será o pós venda. Se ocorre algum erro, quem irá arcar com a despesa? Ela ira consertar? Irá reembolsar o valor integral ou só parte dele? É bom saber dessas coisas pra não se incomodar depois.

- O clichê “o barato sai caro” é regra clara na compra do corset. Economize alguns meses ou pague parcelado se não tem condições de dar o valor a vista, mas não compre gato por lebre pensando só no preço. Corset é caro por causa da qualidade.

- Caso você queira comprar um corset pronto ou mesmo já usado, verifique as medidas se aproximam da sua e principalmente a altura do corset, pois um corset onde a altura não condiz com a sua na hora de sentar você poderá correr o risco de prender a circulação das pernas. A circunferência da cintura do corset também é importante e deve ser pelo menos 10cm menor que a circunferência da sua cintura.

Pinned Image

O meu corset eu comprei pronto. Ele estava ali, na minha frente, ficou ótimo quando provei e as medidas batiam. Eu não consegui resistir à tentação. Não tenho reclamações e ele tem uma ótima qualidade. O corset é da marca Modelle e as menianas que me atenderam na loja eram super preparadas para vender esse tipo de produto e me ajudaram muito. Também estão sempre disponíveis para tirar dúvidas. Recomendo, se as medidas do corset baterem com as suas e ele ficar confortável.

Como se acostumar com o corset

Começar a usar o corset não é muito fácil, é preciso disciplina e força de vontade. O corset aperta, exige uma postura reta e não permite alguns movimentos. Nós, moças do século 21, não estamos acostumadas com essas limitações. O período de adaptação ao corset pode variar de pessoa para pessoa, mas existem algumas dicas que podem ajudar nesse período.

Pinned Image

O que fazer:

- Usar uma camiseta de algodão ou forro sob o corset;

- Hidratar a pele e verifique se não há manchas secas. Pele vermelha é um sinal de pele seca;

- Depois de colocar o corset, aperte-o confortavelmente;

- Mantenha os dois lados igualmente espaçados de cima para baixo;

- Faça vários passeios quando usar o corset, nada de ficar o tempo todo parada;

- Quando for vestir o corset: vista-o, dê um tempo, caminhe alguns minutos, aperte-o novamente, espera mais um pouco. Repetindo esse processo você pode apertar bem o seu corset sem se sentir desconfortável.

- Leve o seu tempo para vestir seu corset. Se você não tem tempo, comece mais cedo;

- Para a formação da figura, o tempo de uso do corset é muito mais importante do que o grau de aperto. Você  pode manter o laço no seu limite de tolerância, em seguida, relaxar-lo por 1 ou 2h. Só assim você pode apreciá-lo, ao invés de sentir que você está em uma luta com o seu corset;

- Não coma grandes refeições antes ou durante! Não coma alimentos gordurosos, muita água, frutas e vegetais e fibras. O espartilho irá manter o seu estômago pequeno e você não terá problemas para perder ou manter peso. No final, você provavelmente será mais saudável e disposta;

- Exercite-se diariamente. Trabalhar a parte de trás e os músculos do estômago. Para a boa saúde cardiovascular, a caminhada é excelente e você fazer isso pode enquanto usa o corset, se quiser. preste atenção na respiração. Se torna-se difícil, diminua o ritmo da caminhada para que ela acompanhe sua capacidade respiratória.;

- Vista seu corset tantas vezes e tão longo quanto possível. Dormir no corset permite que o corpo se adaptar mais rápido e se adaptar à forma espartilhada. Normalmente, a noite,  relaxe seu corset um ou dois centímetros;

- Proporção é muito mais importante que a redução absurda das medidas. Fique atenta as suas medidas!

Pinned Image

O que não fazer:

- Se for usar o corset por longos períodos, não use-o diretamente sobre a pele;

- Quando um ponto começa a coçar, não coçar através do corset. Tire-o e passe um hidratante na pele;

- Depois de colocar o corset, não começar a puxar os cordões pela cintura, isso pode danificar o corset (arrancar ilhós) e pode inchar e beliscar a pele em volta;

- Não comprima demais a parte superior e inferior e permitita que uma protuberância se forme na cintura! Isso vai fazer uma curva as barbatanas nas costas e estragar o corset.;

- Não puxe-o tudo de uma vez e amarre-o. Não chegara nem perto do quão ele pode estar apertado se você amará-lo muito rápido;

- Não aperte-o até o ponto de desconforto e depois pare. Comece diminuindo a pressão antes de você sentir que é hora de parar.. Se você estiver com pressa, se prepare para uma menor redução. Mesmo que você tenha sido capaz de apertá-lo até um certo tamanho, não assuma que você sempre pode apertá-lo até aquele tamanho, a menos que tenha sido com ouso contínuo do corset. Depois de alguns dias de folga do corset, você tem que voltar a treinar para recuperar os centímetros perdidos, antes de ir para o seu menor tamanho novamente;

- Se não ir até certo tamanho, não forçar;

- Não pense que apertando mais você pode acelerar o treinamento. Você pode provocar dores e desconfortos ao seu corpo. Um espartilho pode e vai melhorar a sua forma de maneira saudável, mas só se o tempo necessário for respeitado;

- Não comer uma grande refeição e depois iniciar o treino. Não ingerir alimentos gordurosos, evitar bebidas, hortelã, chá, café, alimentos picantes podem causar refluxo;

- Não faça exercícios pesados durante o treino. Quando muito apertado, a sua capacidade respiratória pode ser reduzida. Andar a pé, caminhadas, treinamento muscular, não são um problema, mas a execução não é provavelmente uma boa idéia. Se você pretende fazê-lo, basta deixar o corset de fora.

- Não usar o corset por somente algumas horas por dia. Se você só pretende usá-lo ocasionalmente, diminua o objetivo da redução;

- A menor cintura não dá necessariamente a melhor figura. Forma e proporção são os mais importantes.

fonte: Corset Information

Corset X Corselet

As meninas que querem comprar seu primeiro corset tem que ficar atentas! Muitas vezes pessoas mal intencionadas ou mal informadas tentam vender corselets para o treino de tight lacing. Então é muito importante conhecer bem o produto que está comprando para não acabar no prejuízo.

Pinned Image

Corset

Eu já falei aqui dos corsets, mas vou reforçar. Corsets são feitos com várias camadas de tecido resistente, as barbatanas são de metal e tem reforços em locais estratégicos. Seu objetivo é comprimir as costelas e a cintura, dando mais forma ao corpo. Geralmente são feitos sob medida, para melhor se ajustar ao corpo. Todos os corsets possuem amarração nas costas, o que ajuda na sua colocação. Na frente oc orset pode ser fechado com colchetes ou com zíper. Por ser uma peça reforçada, de qualidade e que vai durar muitos anos (sem bem cuidada) o corset não tem um preço baixo.

Pinned Image

Corselet

Os corselets são itens de lingerie. Os tecidos para a sua confecção geralmente são delicados, como rendas, cetim, tules e lycra. As barbatanas que dão sustentação para o corselet são de plástico e não comprimem em nada as costelas e a cintura, no máximo dão uma apertada nas gordurinhas. A amarração de trás dos corselets são só decorativas e não servem para apertar a peça. Os corselets podem ser encontrados em lojas de lingerie e são bem mais baratos que os corsets.

Os corselets tem seu valor como lingerie, são peças bonitas e femininas, mas não servem para o treino de tight lacing. Então se o seu objetivo é o treino de tight lacing, preste atenção para não comprar um corselet, pois com ele você não alcançará  o seu objetivo.

Tipos de Corset

Antes de investir o seu $$ num corset, é importante saber quais os tipos e qual deles se encaixa na sua necessidade ou desejo. A variedade de corsets é gigante, mas todos eles partem de modelos básicos.

Pinned Image

UnderBust: é um corset que não cobre os seios. Pela sua versatilidade pode ser usado como complemento de uma lingerie ou por cima das roupas. É o modelo mais indicado para o treino de tight lacing, por ser mais confortável. Ele deve ser mais baixo na parte de cima, para que não incomode quando usado. Também não pode ser curto na parte de baixo, para não formar uma barriguinha

Pinned Image

OverBust: é o modelo de corset que cobre os seios. É geralmente utilizado como peça chave num look mais glamuroso e pode ser o diferencial numa roupa de festa. Os modelos underbust geralmente não são utilizados para o treino de tight lacing, então são mais ornados e glamurosos.

MidBust: é o modelo que cobre parcialmente os seios. É usado da mesma maneira que o overbust, mas acompanhado de uma camisa por baixo, já que cobre somente parte dos seios.

Waist Cincher: é o modelo de corset mais curto que o underbust e é usado para complementar o look. O waist cincher cobre somente a cintura, não chega até os seios ou o quadril.

Para você escolher seu corset, basta decidir qual é seu objetivo: quer um corset de treino para usar sempre? Underbust! Quer um modelo refinado, para usar em alguma ocasião especial? Overbust, midbust ou waist cincher!

O que é Tight Lacing

Pinned Image

O Tight Lacing, ou laço apertado, em tradução livre, é o nome dado a técnica de usar o corset por longos períodos com o objetivo de modificar a silhueta e reduzir a cintura. O corset utilizado hoje é uma evolução dos espartilhos usados antigamente e é bem diferente dos corseletes vendidos em lojas de lingerie.

Os corsets para tight lacing são feitos com várias camadas de tecidos resistentes, barbatanas de aço, reforço em áreas específicas e amarrado nas costas. Foram especialmente desenvolvidos para modelar a cintura feminina. Para que a redução da cintura seja efetiva, com a modificação da localização de órgãos internos e reacomodação das costelas, o corset deve ser bem reforçado, ter as barbatanas de aço e ilhoses bem próximos.

É um fato comprovado que o uso constante do corset sobre a cintura e costelas inferiores acaba por curvar as costelas flutuantes, fazendo que com o tempo a mudança seja definitiva. Para chegar a esse objetivo, o tight lacing deve ser praticado com disciplina e critério, pois o uso exagerado pode trazer diversos problemas de saúde.

Para a escolha do corset alguns cuidados devem ser tomados: ele não deve ser muito alto para não machucar os seios e costelas na hora e sentar; na parte inferior não pode ser muito curto, para que a gordura abdominal não se acumule na parte livre, criando uma barriguinha; deve-se evitar materiais impermeáveis ou que impossibilitem a respiração da pele; e deve ter um diâmetro 10 cm menor que a sua cintura quando fechado. O modelo mais indicado para a prática de tight lacing é o underbust, pois ele é mais confortável e permite que a gente se movimente melhor.

Aquelas que praticam o tight lacing são chamadas de tightlacers. O tight lacing, além de ser uma prática muito séria, é um estilo de vida. Muitas mulheres chagam a usar o corset de treinamento de 12 a 23 horas por dia, inclusive para dormir.

Pinned Image

Há três métodos de praticar tight lacing conhecidos:

Método I: Tem como objetivo diminuir a circunferência da cintura em 10 cm. Mas essa redução nem sempre está baseada na proporção do corpo de cada uma.

Método II: Reduzir a cintura para uma proporção de 5/8 para a circunferência do busto. A vantagem desse método é que as medidas são baseadas na proporção do corpo de cada uma, criando assim uma silhueta proporcional. É o método mais usado atualmente.

Método III: Leva em consideração o corpo das pessoas e também sua gordura corporal. É o método preferido pelas mulheres mais cheinhas. Esse método não produz cinturas muito finas, mas cria uma silhueta mais harmoniosa.

É sempre importante estar atenta a possíveis problemas durante o treino. Se sentir dores, desconfortos e falta de ar, deve-se afrouxar o corset ou retirá-lo. Em caso de dúvidas, consulte em médico.

Pinned Image