Minha cinturinha!

No sábado (ou no domingo?) me olhei no espelho depois do banho e notei os resultados do tight lacing na minha cintura. Fotografei na hora para mostrar para as meninas do grupo Tight Lacing Brasil e com vocês aqui do blog.

942155_4896159407953_361416994_n

 

Estou muito contente com o resultado do TL no meu corpo. Espero que o TL faça isso por vocês também!

Corset traz sua cintura de volta!

Há umas duas semanas convidei alguns amigos talentosos, pedi alguns favores para algumas lojas parceiras e resolvi produzir algum conteúdo aqui para o blog. Primeira coisa que me passou pela cabeça foi mostrar os poderes do uso do corset a curto prazo.

Sempre tem gente que cai aqui no blog por procurar “gordinhas com corset”, quem é gordinha pode usar corset” e mais alguns temas relacionados. Aí convidei uma amiga pra ser minha modelo e fomos fazer as fotos!

 

Imagem pinada

Corset underbust preto simples usado sob a chemise e com um cintoinho marcando a cinturinha. O bom do corset underbust básico, é que pode usá-lo por baixo das roupas e ele fica bem discreto, nem aparece.

Imagem pinada

Corset overbust de onça (lindo!). Produção mais arrumadinha pra uma festa no verão.

 

Imagem pinada

Corset overbust com bojo todinho em paetês (#travestismos) lindo de viver. Usado com uma saia lápis é perfeito pra uma baladinha.

 

A Ana tem um filho e me falou que desde que ele nasceu ela não sabia mais que tinha cintura. Ela ficou super feliz com o resultado instantâneo que o corset deu pro corpo dela e ficou super animada. Quem não ficaria feliz vendo seu corpo modelado e bonito do jeito que ficou, não é ?

Espero que tenham gostado das fotos e tem mais algumas vindo por aí :)

 

Créditos: Produção: Tyara | Modelo: Ana| Make: Samaira | Roupas e Acessórios: Voìla Concept Store | Corsets: Modelle Modeladores | Faz-tudo: Luiz

Queria agradecer à todos que participaram deste projeto, e um agradecimento especial à Modelle, que cedeu os corsets, e a Vivi da Voìla, que aguentou toda a bagunça que fizemos na loja.

Eu e Meu Corset

Eu peço pra todo mundo dividir sua história de corset comigo, mas eu nunca dividi minha história aqui no blog. Como eu sei que essas histórias são legais de ler e também pediram pra eu escrever, vou contar aqui como comprei meu corset.

Pinned Image

Eu na mina primeira vez usando corset. Usei somente por alguns minutos.

 

Quando eu descobri o tight lacig, eu fiquei muito interessada. Eu vi uma reportagem com a Madame Sher na televisão e achei muito legal a arte do tight lacing (sim, pra mim é uma arte!). Depois disso, pesquisei muito sobre o tema. Entrei em sites de corsetmakers, li muitos blogs e pesquisei muito mesmo! Eu queria saber tudo possível sobre os corset e tight lacing, pois não queria investir num corset caríssimo e depois não conseguir usá-lo ou ele não “funcionar”.

Fiquei muito tempo enrolando pra comprar meu corset. Tirei minha medida várias vezes, fiz vários orçamentos e falei com alguns corsetmakers pra tirar todas as minhas dúvidas. Mas eu sempre pensava no gasto que seria adquirir um corset. Tinha o maior receio do mundo em comprar um corset sem nunca ter pego um na mão, sem nunca ter provado e ver como eu me sentiria usando. Eu não conhecia ninguém que praticava tight lacing, aí imagina o tamanho da insegurança.

Pinned Image

Mini cinturinha.

 

Num belo dia, lembro bem, era final de maior de 2012, passei numa loja aqui da cidade que vende cintas modeladoras e coisas desse tipo. Eu tinha visto pela vitrine alguns corsets expostos, mas não tinha certeza se eram para tight lacing. Fui verificar com as vendedoras e provar. Foi aí que provei o meu primeiro corset.

A menina da loja me ajudou a apertá-lo (apesar de eu já ter visto mil vídeos de “como apertar o seu corset”) e modelou a minha cintura. Eu adorei! Achei o corset confortável de usar, as medidas batiam com as minhas e eu ficava com uma cinturinha linda! Tive que levar! Foi assim que eu adquiri meu primeiro e único corset (até agora, já tenho planos para um próximo).

Pinned Image

Indo para a faculdade, na primeira semana de treino, com o corset bem escodidinho (sou a rainha das fotos no espelho)

 

Bom, o texto já está grande e eu acho que vou deixar as especificação do meu corset e minha rotina de treino para outros posts, que tal?

E você, como comprou o seu corset?

 

 

Como amarrar e desamarrar o corset

É só puxar! Mas é claro que é um pouco mais complicado do que isso!

Em primeiro lugar é necessário afrouxar as amarras de trás do corset. Então você deverá vesti-lo sobre uma regatinha de algodão, para que não machuque a pele. Aproveite esse momento para posicionar o corset de forma correta. Verifique se o zíper ou colchetes estão bem no meio do seu tronco e se aparte superior e inferior estão nas posições corretas, nem muito pra cima nem muito para baixo. Aí começa a parte de apertar o corset. Para que o corset fique bem apertado e você se sinta confortável usando-o, é preciso de um tempo para apertá-lo.

Comece puxando as amarras superiores. Cruze os cordões superiores e vá puxando. Depois segures os cordões e vá ajeitando as amarras, para que todas fiquem bem apertadas. Se você não se sentir confortável, não aperte o corset tanto na parte superior, sobre as costelas, para que não a machuque. Vá repetindo essa ação até que a parte superior esteja apertada, mas de forma confortável, sem dores ou problemas na respiração. Repita o mesmo procedimento com as amarras inferiores.

Depois do corset bem apertado faça uma pausa. Espere de 5 a 10 minutos e durante essa pausa se mova com o corset, caminhe um pouco, retire as rugas da blusa usada sob o corset. Levante os braços, gire seu corpo dentro do corset. Depois desse procedimento, aperte o corset mais uma vez. Repita esses procedimentos até chegar na forma desejada.

Pinned Image

Algumas tight lacers usam uma maçaneta para ajudá-las a apertar o corset. Elas laçam as amarras na maçaneta e andam na direção oposta, fazendo pressão para apertar o corset. Essa técnica faz com que o corset fique mais apertado. Você pode usá-la também se quiser.

Para amarrar o corset, é necessário das 2 nós nos cordões. Faça nós fortes, seguros e laços apertados, para que não afrouxem. Também não amarre o corset na frente, isso fará com que haja um desgaste nas laterais do corset, podendo haver problemas na estrutura dele e na forma da sua cintura.

Para abrir o espartilho:

Sempre afrouxar os laços em primeiro lugar, não solte os colchetes ou o zíper enquanto o corset está sob tensão, isso pode comprometer os colchetes ou o zíper. O correto é afrouxar as amarras das costas e então abri-lo pela frente. Para usá-lo novamente, você deverá afrouxá-lo ainda mais para que ele entre novamente. E então deverá começar o processo desde o começo.

Como se acostumar com o corset

Começar a usar o corset não é muito fácil, é preciso disciplina e força de vontade. O corset aperta, exige uma postura reta e não permite alguns movimentos. Nós, moças do século 21, não estamos acostumadas com essas limitações. O período de adaptação ao corset pode variar de pessoa para pessoa, mas existem algumas dicas que podem ajudar nesse período.

Pinned Image

O que fazer:

– Usar uma camiseta de algodão ou forro sob o corset;

– Hidratar a pele e verifique se não há manchas secas. Pele vermelha é um sinal de pele seca;

– Depois de colocar o corset, aperte-o confortavelmente;

– Mantenha os dois lados igualmente espaçados de cima para baixo;

– Faça vários passeios quando usar o corset, nada de ficar o tempo todo parada;

– Quando for vestir o corset: vista-o, dê um tempo, caminhe alguns minutos, aperte-o novamente, espera mais um pouco. Repetindo esse processo você pode apertar bem o seu corset sem se sentir desconfortável.

– Leve o seu tempo para vestir seu corset. Se você não tem tempo, comece mais cedo;

– Para a formação da figura, o tempo de uso do corset é muito mais importante do que o grau de aperto. Você  pode manter o laço no seu limite de tolerância, em seguida, relaxar-lo por 1 ou 2h. Só assim você pode apreciá-lo, ao invés de sentir que você está em uma luta com o seu corset;

– Não coma grandes refeições antes ou durante! Não coma alimentos gordurosos, muita água, frutas e vegetais e fibras. O espartilho irá manter o seu estômago pequeno e você não terá problemas para perder ou manter peso. No final, você provavelmente será mais saudável e disposta;

– Exercite-se diariamente. Trabalhar a parte de trás e os músculos do estômago. Para a boa saúde cardiovascular, a caminhada é excelente e você fazer isso pode enquanto usa o corset, se quiser. preste atenção na respiração. Se torna-se difícil, diminua o ritmo da caminhada para que ela acompanhe sua capacidade respiratória.;

– Vista seu corset tantas vezes e tão longo quanto possível. Dormir no corset permite que o corpo se adaptar mais rápido e se adaptar à forma espartilhada. Normalmente, a noite,  relaxe seu corset um ou dois centímetros;

– Proporção é muito mais importante que a redução absurda das medidas. Fique atenta as suas medidas!

Pinned Image

O que não fazer:

– Se for usar o corset por longos períodos, não use-o diretamente sobre a pele;

– Quando um ponto começa a coçar, não coçar através do corset. Tire-o e passe um hidratante na pele;

– Depois de colocar o corset, não começar a puxar os cordões pela cintura, isso pode danificar o corset (arrancar ilhós) e pode inchar e beliscar a pele em volta;

– Não comprima demais a parte superior e inferior e permitita que uma protuberância se forme na cintura! Isso vai fazer uma curva as barbatanas nas costas e estragar o corset.;

– Não puxe-o tudo de uma vez e amarre-o. Não chegara nem perto do quão ele pode estar apertado se você amará-lo muito rápido;

– Não aperte-o até o ponto de desconforto e depois pare. Comece diminuindo a pressão antes de você sentir que é hora de parar.. Se você estiver com pressa, se prepare para uma menor redução. Mesmo que você tenha sido capaz de apertá-lo até um certo tamanho, não assuma que você sempre pode apertá-lo até aquele tamanho, a menos que tenha sido com ouso contínuo do corset. Depois de alguns dias de folga do corset, você tem que voltar a treinar para recuperar os centímetros perdidos, antes de ir para o seu menor tamanho novamente;

– Se não ir até certo tamanho, não forçar;

– Não pense que apertando mais você pode acelerar o treinamento. Você pode provocar dores e desconfortos ao seu corpo. Um espartilho pode e vai melhorar a sua forma de maneira saudável, mas só se o tempo necessário for respeitado;

– Não comer uma grande refeição e depois iniciar o treino. Não ingerir alimentos gordurosos, evitar bebidas, hortelã, chá, café, alimentos picantes podem causar refluxo;

– Não faça exercícios pesados durante o treino. Quando muito apertado, a sua capacidade respiratória pode ser reduzida. Andar a pé, caminhadas, treinamento muscular, não são um problema, mas a execução não é provavelmente uma boa idéia. Se você pretende fazê-lo, basta deixar o corset de fora.

– Não usar o corset por somente algumas horas por dia. Se você só pretende usá-lo ocasionalmente, diminua o objetivo da redução;

– A menor cintura não dá necessariamente a melhor figura. Forma e proporção são os mais importantes.

fonte: Corset Information