Grupo Tight Lacing Brasil

Para quem está no Facebook e está procurando um grupo legal sobre tight lacing, recomendo o Tight Lacing Brasil.

O grupo vive cheio de discussões legais e dá pra gastar um bom tempo acompanhando todas elas. Lá tem meninas muito queridas prontas para ajudar quem tem dúvidas. O que não falta também é gente dividindo suas experiências com o treino ou confecção de corset.

Vale a visita!

 

(perceberam que eu adoro gifs e aprendi como pesquisá-los na internet?)

 

Primeiro corset – Daniel Santos

De vez em quando alguém do grupo do Facebook Corsets e Algo Mais se arrisca fazendo um corset. Lá a gente tem corsetmakers profissionais, que vivem da sua arte, mas as vezes pessoas que não tem conhecimento de costura ou modelagem se aventuram.

Há algum tempo eu acompanho o Daniel Santos. Sempre pedindo dicas no grupo, contando seus progressos, tirando dúvidas. Ontem fiquei mega feliz quando vi que ele postou a foto do seu primeiro corset. É muito legal ver alguém se superando pra fazer aquilo que gosta. Sinto que vem muito mais corsets por aí, heim Daniel!!!

Aqui em baixo vão as fotos que o Daniel me mandou e o depoimento dele.

Imagem pinada

Imagem pinada

 

Gente, é com muita alegria (muita mesmo) que venho compartilhar com vocês a conclusão do meu primeiro corset. Demorou pacas, ficou com alguns erros mas saiu. Muito obrigado meninas e meninos pelas dicas. Obrigadíssimo Tyara pelo material disponibilizado e muito obrigado pela força Fernanda *—* Sei que ficou até feinho pois nunca tinha costurado nada, a maquina estava desregulada pq estava há 15 anos parada, mas é meu primeiro bebê de muitos que virão =D ♥ 
P.S.: A camêra desse cel que tirei tá muito lixo.

 

Eu nem achava que tinha ajudado tanto, mas é bom saber que o material que eu pesquiso aqui e disponibilizando tanto no grupo quanto no blog ajudam as pessoas. É uma recompensa pelo tempo que eu dedico ao blog. Parabéns, Daniel!

Como Lavar o seu Corset

Primeira vez que peguei meu corset na mão eu pensei: como que eu lavo isso??

Meu corset para treino de tight lacing.

A estrutura de um corset, apesar de ser bem reforçada, pode ser irremediavelmente prejudicada por uma lavagem feita de forma inadequada. Por isso resolvi fazer algumas pesquisas antes de me arriscar a lavá-lo.

Os corsets de cor escura acabam precisando de menos lavagens do que um de cor clara, pois a “sujeira” aparece menos. Li que algumas meninas acabam tendo que lavar seus corsets brancos todas as vezes que usam. Não se esqueçam que é importante usar uma regatinha por baixo do corset por dois motivos: ele nãovai entrar em contato direto com sua pele, evitando irritações, e também não vai entrar em contato direto com o suor, mantendo-o limpo por mais tempo.

Aqui vão algumas dicas importantes:

Em casa:

  • Lave seu corset sempre com um sabão neutro. É recomendado o uso de um sabão liquido, de preferência os utilizados na lavagem de roupas finas.
  • Esfregue levemente o seu corset, algumas tight lacers usam aquelas escovinhas de esfoliação para o rosto, que são bem delicadas.
  • Não esfregue o seu corset feito de renda ou bordados.
  • Não utilize nenhum produto químico em seu corset. Isso poderá danificar o seu corset de forma irreversível.
  • Se desejar deixar o seu corset de molho, não o deixe de “um dia para o outro”. Algumas horas já são o suficiente.
  • Seque o seu corset à sombra.
  • Nunca passe o seu corset.
  • Modelos de brocado, seda pura ou bordados devem ser lavados a seco por uma lavanderia de confiança com experiência nesse tipo de peça.
Como limpar seu espartilho de couro:
  • Utilizar um pano de algodão seco, ou uma escova com cerdas macias, apropriada para couro.
  • Caso o espartilho apresente alguma mancha, usar o mesmo pano, só que úmido.
  • Não utilize nenhum produto químico em seu corset. Esta prática poderá vir a danificar o seu espartilho de forma irreversível.
  • Seque à sombra.
  • O couro é um material “vivo”, por isso precisa de hidratação para manter o brilho e a beleza. Hidrate com produtos específicos para couro.
Como limpar seu espartilho de verniz:
  • Utilize um pano de algodão úmido com sabão neutro.
  • Não utilize água demais na peça.
  • Não utilize nenhum produto químico em seu corset.
  • Seque à sombra.

Espero que essas dicas ajudem muito vocês a lavarem seus corset! è muito importante cuidar bem deles para que a gente não tome um prejuízo por um descuido bobo!

Bom treino para todas!

Beijos

Unhas de Corset

Eu não sou grande fã de nail art, mas achei uma graça essas unhas com decoração de corset. Fica como dica para as tightlacers prendadas, quem sabe a gente não coloca nos dedos aquilo que já está no corpo, não é?

Pinned Image

Encontrei esse tutorial aqui e não achei muito difícil fazer. Quem sabe com tempo e paciência eu não consigo minhas unhas de corset!

Pinned Image

Como escolher sua corsetmaker

Vou falar por experiência própria: comprar um corset não é nada fácil. A não ser que você tenha muito dinheiro e seja aventureira pra se arriscar, comprar um corset é uma tarefa que demora e que dá trabalho. Você precisa pesquisar, tirar dúvidas, fazer orçamentos e ouvir opiniões de quem já tem um corset.

As vezes nós olhamos aquela “grife de corset” vendendo “corsets” por R$50,00 e ficamos malucas, não é mesmo? Mas quem entende de corset sabe que esses preços praticados são impossíveis e que é preciso cuidado para não cair nessas armadilhas.

Aqui vão algumas dicas que encontrei para que a gente possa escolher a melhor corsetmaker, aquela que mais se encaixa nas nossas expectativas, desejos e bolsos.

– Consulte as clientes da corsetmaker que você pretende que faça seu corset. Se você conhece alguém pessoalmente, melhor ainda, mas se não conhece ninguém (como eu, no início) entre em um dos grupos sobre tight lacing e corsets no Facebook. Lá você pode postar alguma dúvida e as meninas respondem com toda sinceridade.

– Observe se os materiais que a corsetmaker usa são de qualidade. Tem detalhes que dá pra ver por foto, como as rendas e tecidos. Se tudo parecer meio “vagabundo”, nem compre. Os preços baixos praticados por algumas corsetmakers se dá ao foto de usar materiais baratos e de qualidade inferior. Já outros materiais, como as barbatanas, só é possível comprovar a qualidade pegando o corset em mãos.

– Uma forma de saber se a barbatana é boa de verdade é dobrando o corser para um lado. Se ele resistir um pouco, mas acabar cedendo, e depois que você soltar e ele voltar a forma original, é um indício de ser uma barbatana de qualidade. Se depois de dobrada e solta a barbatana continuar dobrada, sem voltar a forma original, aí a barbatana é “vagabunda” e o corset não vai servir para tight lacing.

– Se for comprar pela internet, preste muita atenção nas fotos. Analise fotos do corset vestido em uma pessoa, não em almofadas os manequins. No corpo de uma pessoa você pode analizar a curvatura do corset, se ele aperta bem e se é estruturado.

– Tome cuidado com corsets mal acabados: linhas soltas, ilhóses mal pregados, acabamento mal feito. Essas características você pode verificar com quem já possui corset de determinada marca ou pegando o corset em mãos e verificando.

– O peso: algumas grifes usam várias camadas de lona ou tecidos mais pesados para fazer o “miolo” do corset, que acaba ficando muito pesado e desconfortável. Fique atenta a isso, pois faz uma grande diferença no treino.

– Para quem quer fazer corset com bojo: veja bem as fotos do corset e se possível prove um, pois o seio deve ficar encaixado no bojo e bem confortável.

– Antes de finalizara compra, verifique com o corsetmaker como será o pós venda. Se ocorre algum erro, quem irá arcar com a despesa? Ela ira consertar? Irá reembolsar o valor integral ou só parte dele? É bom saber dessas coisas pra não se incomodar depois.

– O clichê “o barato sai caro” é regra clara na compra do corset. Economize alguns meses ou pague parcelado se não tem condições de dar o valor a vista, mas não compre gato por lebre pensando só no preço. Corset é caro por causa da qualidade.

– Caso você queira comprar um corset pronto ou mesmo já usado, verifique as medidas se aproximam da sua e principalmente a altura do corset, pois um corset onde a altura não condiz com a sua na hora de sentar você poderá correr o risco de prender a circulação das pernas. A circunferência da cintura do corset também é importante e deve ser pelo menos 10cm menor que a circunferência da sua cintura.

Pinned Image

O meu corset eu comprei pronto. Ele estava ali, na minha frente, ficou ótimo quando provei e as medidas batiam. Eu não consegui resistir à tentação. Não tenho reclamações e ele tem uma ótima qualidade. O corset é da marca Modelle e as menianas que me atenderam na loja eram super preparadas para vender esse tipo de produto e me ajudaram muito. Também estão sempre disponíveis para tirar dúvidas. Recomendo, se as medidas do corset baterem com as suas e ele ficar confortável.

Como se acostumar com o corset

Começar a usar o corset não é muito fácil, é preciso disciplina e força de vontade. O corset aperta, exige uma postura reta e não permite alguns movimentos. Nós, moças do século 21, não estamos acostumadas com essas limitações. O período de adaptação ao corset pode variar de pessoa para pessoa, mas existem algumas dicas que podem ajudar nesse período.

Pinned Image

O que fazer:

– Usar uma camiseta de algodão ou forro sob o corset;

– Hidratar a pele e verifique se não há manchas secas. Pele vermelha é um sinal de pele seca;

– Depois de colocar o corset, aperte-o confortavelmente;

– Mantenha os dois lados igualmente espaçados de cima para baixo;

– Faça vários passeios quando usar o corset, nada de ficar o tempo todo parada;

– Quando for vestir o corset: vista-o, dê um tempo, caminhe alguns minutos, aperte-o novamente, espera mais um pouco. Repetindo esse processo você pode apertar bem o seu corset sem se sentir desconfortável.

– Leve o seu tempo para vestir seu corset. Se você não tem tempo, comece mais cedo;

– Para a formação da figura, o tempo de uso do corset é muito mais importante do que o grau de aperto. Você  pode manter o laço no seu limite de tolerância, em seguida, relaxar-lo por 1 ou 2h. Só assim você pode apreciá-lo, ao invés de sentir que você está em uma luta com o seu corset;

– Não coma grandes refeições antes ou durante! Não coma alimentos gordurosos, muita água, frutas e vegetais e fibras. O espartilho irá manter o seu estômago pequeno e você não terá problemas para perder ou manter peso. No final, você provavelmente será mais saudável e disposta;

– Exercite-se diariamente. Trabalhar a parte de trás e os músculos do estômago. Para a boa saúde cardiovascular, a caminhada é excelente e você fazer isso pode enquanto usa o corset, se quiser. preste atenção na respiração. Se torna-se difícil, diminua o ritmo da caminhada para que ela acompanhe sua capacidade respiratória.;

– Vista seu corset tantas vezes e tão longo quanto possível. Dormir no corset permite que o corpo se adaptar mais rápido e se adaptar à forma espartilhada. Normalmente, a noite,  relaxe seu corset um ou dois centímetros;

– Proporção é muito mais importante que a redução absurda das medidas. Fique atenta as suas medidas!

Pinned Image

O que não fazer:

– Se for usar o corset por longos períodos, não use-o diretamente sobre a pele;

– Quando um ponto começa a coçar, não coçar através do corset. Tire-o e passe um hidratante na pele;

– Depois de colocar o corset, não começar a puxar os cordões pela cintura, isso pode danificar o corset (arrancar ilhós) e pode inchar e beliscar a pele em volta;

– Não comprima demais a parte superior e inferior e permitita que uma protuberância se forme na cintura! Isso vai fazer uma curva as barbatanas nas costas e estragar o corset.;

– Não puxe-o tudo de uma vez e amarre-o. Não chegara nem perto do quão ele pode estar apertado se você amará-lo muito rápido;

– Não aperte-o até o ponto de desconforto e depois pare. Comece diminuindo a pressão antes de você sentir que é hora de parar.. Se você estiver com pressa, se prepare para uma menor redução. Mesmo que você tenha sido capaz de apertá-lo até um certo tamanho, não assuma que você sempre pode apertá-lo até aquele tamanho, a menos que tenha sido com ouso contínuo do corset. Depois de alguns dias de folga do corset, você tem que voltar a treinar para recuperar os centímetros perdidos, antes de ir para o seu menor tamanho novamente;

– Se não ir até certo tamanho, não forçar;

– Não pense que apertando mais você pode acelerar o treinamento. Você pode provocar dores e desconfortos ao seu corpo. Um espartilho pode e vai melhorar a sua forma de maneira saudável, mas só se o tempo necessário for respeitado;

– Não comer uma grande refeição e depois iniciar o treino. Não ingerir alimentos gordurosos, evitar bebidas, hortelã, chá, café, alimentos picantes podem causar refluxo;

– Não faça exercícios pesados durante o treino. Quando muito apertado, a sua capacidade respiratória pode ser reduzida. Andar a pé, caminhadas, treinamento muscular, não são um problema, mas a execução não é provavelmente uma boa idéia. Se você pretende fazê-lo, basta deixar o corset de fora.

– Não usar o corset por somente algumas horas por dia. Se você só pretende usá-lo ocasionalmente, diminua o objetivo da redução;

– A menor cintura não dá necessariamente a melhor figura. Forma e proporção são os mais importantes.

fonte: Corset Information

Dicas da Madame Sher

Encontrei essa entrevista com a Madame Sher e adorei as dicas dela sobre como se portar e como usar um corset. Acho legal as meninas que estão começando com o tight lacing saberem disso, para que não hajam problemas, principalmente com a saúde.

– O corset é um poderoso aliado na postura, mas chama também atenção redobrada para ela, portanto é desejável que, além das costas eretas, a mulher esteja atenta a toda sua expressão corporal. O corset evoca feminilidade, pede movimentos delicados e conscientes, caso contrário você poderá parecer desajeitada ou até mesmo estar usando a peça como muleta.

– Já que o corset é uma peça dramaticamente ajustada ao corpo é de bom tom combiná-lo com peças mais fluidas e evitar as muito curtas ou excessivamente coladas.

– Muito cuidado para não ajustar excessivamente nas extremidades e acabar marcando costas, axilas e quadris!

– Mantenha um comportamento um pouco mais sério e altivo, não se entregando a excessos para evitar que a sensualidade exacerbada da vestimenta seja mal interpretada.

– Por fim quem busca um corset geralmente está procurando mais que um acessório de moda, e sim uma peça de destaque, fora do lugar comum ou mesmo o resgate romântico de tempos passados, então aproveite os aspectos lúdicos e divirta-se!

– Nunca saia vestida num corset caso seja sua primeira vez com a peça, a primeira vez deve ser sempre no conforto de sua casa, afim de descobrir de antemão as pequenas mudanças que a peça exige ao se mover e se adaptar a elas.

– Use apenas quando estiver se sentindo bem disposta, caso contrário dê a preferência para peças mais soltas.

– Existem duas maneiras corretas de se sentar com o corset, a primeira na ponta da cadeira dispensando o encosto, a segunda é apoiando costas e o cóccix ao encosto. Sentar na ponta ou meio da cadeira e inclinar-se para trás, além de conferir péssima postura atrapalha a respiração, pois essa inclinação põe pressão sob o tórax.

pra quem não conhece, a Madame Sher é reconhecida nacional e internacionalmente pela beleza, perfeccionismo e qualidade de seus corsets. Ela é apaixonada pela peça desde pequena e começou a fazê-los para uso próprio. A grife Madame Sher foi criada em 2004 e só faz peças sob medida. Madame Sher é referência no Brasil quando falamos de corset.